Menu

Central da Política Em Manaus, senadores Omar Aziz e Randolfe Rodrigues entregam relatório da CPI da Pandemia a órgãos de controle

Senadores Omar Aziz (esq.) e Randolfe Rodrigues. (Ricardo Oliveira/ Cenarium)

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANAUS – Os senadores Omar Aziz (PSD) e Randolfe Rodrigues (Rede) entregaram nesta segunda-feira, 22, o relatório final da CPI da Pandemia no Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Amazonas (MP-AM). Os dois senadores adiantaram que há uma investigação nos dois órgãos de controle para apurar as omissões da falta de oxigênio nas unidades de Saúde do Amazonas.

Senadores se reuniram com membros dos órgãos de controle em Manaus. (Ricardo Oliveira/ Cenarium)

A Procuradoria da República no Amazonas vai analisar os pedidos de indiciamento e os documentos da investigação da CPI referentes aos fatos envolvendo improbidade administrativa e corrupção, supostamente praticados por pessoas físicas e jurídicas em primeira instância.

“Entregamos o relatório em mãos para o procurador-chefe, Thiago Pinheiro Corrêa, para a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Michele Corbi, e para o membro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Henrique Valadão. Estamos à disposição no Senado Federal. A nossa posição de respeitar as instituições é muito clara e o que pudermos contribuir, podem contar conosco”, disse Omar Aziz.

Atuação

A CPI da Pandemia do Senado encerrou os trabalhos no dia 26 de outubro, depois da aprovação do relatório final que propôs o indiciamento do governador Wilson Lima (PSC), além do ex-secretário de Saúde, Marcellus Campêlo. O general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, e a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, médica Mayra Pinheiro, também foram indiciados pela falta de oxigênio no Amazonas.

“A doutora Mayra Pinheiro tem que ser investigada por conta de ter feito o Amazonas como cobaia. Eles precisam ser responsabilizados, milhares de amazonenses lamentaram as perdas de entes enquanto o governo federal recusou ajuda internacional para trazer oxigênio para Manaus”, afirmou Aziz.