Ex-namorado e ex-coach de Djidja são presos e PC-AM faz novas buscas

(Composição/Paulo Dutra/Cenarium)

07 de junho de 2024

22:06

Aldizangela Brito – Da Revista Cenarium*

MANAUS (AM) – O ex-namorado de Djidja Cardoso, Bruno Lima e o coach fitness Hatus Moraes Silveira foram presos na tarde desta sexta-feira, 7, pela Polícia Civil do amazonas (PC-AM) na segunda fase da “Operação Mandrágora”. Também são alvos da polícia o dono e dois funcionários da clínica veterinária Casa do Criador, localizada no bairro Nova Esperança. Os investigadores cumprem mandados de busca e apreensão.

A prisão ocorre cinco dias após Bruno prestar depoimento no 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) no âmbito da investigação sobre a morte do item do Boi Garantido. Até então, Bruno Lima era considerado testemunha pela PC-AM, no âmbito das investigações da “Operação Mandrágora”, em relação à parte da apuração criminal que trata dos crimes de tráfico de substância ilícita de uso veterinário e da criação da seita religiosa “Pai, Mãe, Vida”, dentre outros.

A reviravolta ocorreu após imagens de câmeras de segurança mostrarem que dois homens abandonaram o carro de Djidja Cardoso no estacionamento de um centro comercial da capital do Amazonas. O abandono do veículo modelo Fiat Uno Way 1.0, de cor verde ocorreu na última quarta-feira, 29, por volta de 13h59 (horário de Manaus), momento em que ocorria o velório da ex-item do Boi Garantido.

Os registros mostram que um homem vestindo uma calça de cor escura e uma camisa de manga longa, além de calçar um chinelo, empurra o veículo até o estacionamento. Ele recebe a ajuda de outro homem, que vestia bermuda clara e camisa da cor amarela, este que deixa o local em seguida. Durante o enterro de Djidja Cardoso, o ex-namorado Bruno Lima estava na cerimônia com roupas idênticas as que foram descritas.

Foragido

De acordo com o delegado Cícero Túlio, titular do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), José Maximo Silva de Oliveira, dono da clínica veterinária Max Vet, é considerado foragido. “As buscas realizadas hoje, em clínicas e pets shops se referiram a empreendimento comerciais nos quais ele figura, inclusive, como responsável técnico desses locais.

Leia mais: Em depoimento, ex-namorado de Djidja confirma tese de investigação