Menu

Economia Mais de dez mil famílias passam a receber ‘Auxílio Permanente’ do governo em Manacapuru no AM

Além da entrega dos cartões, o governador Wilson Lima inaugurou o primeiro restaurante popular no interior do Estado (Gabriel Abreu/Cenarium)

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANACAPURU (AM) – Quase dez mil pessoas começaram a receber a partir desta quinta-feira, 2, em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), o cartão do Auxílio Estadual Permanente, programa social do Governo do Amazonas, para atender às famílias afetadas financeiramente pela pandemia de Covid-19. Além da entrega dos cartões, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), inaugurou o primeiro restaurante popular no interior do Estado.

Segundo o Governo Estadual, a estimativa é que serão injetados R$ 1.378.350,00 por mês, e R$ 16.540.200,00 por ano. Na cidade, serão 9.189 beneficiários. Para receber o cartão, a população terá dois postos de atendimento no município: a Escola Estadual André Vidal de Araújo, na rua Gaspar Fernandes, 569, Centro; e a Escola Estadual Jamil Seffair, no Boulevard Pedro Rates de Oliveira, s/n°, no bairro Terra Preta.

“Todas as famílias a serem beneficiadas estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza, criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessa população”, afirmou o governador.

Considerado o maior programa estadual de distribuição de renda do Brasil, o Auxílio Estadual permanente vai atender, ao todo, 300 mil famílias com uma ajuda financeira mensal de R$ 150.

Entregas

As entregas acontecerão no período de cinco dias, em ordem alfabética. Na quinta-feira, 2, na sexta-feira, 3, elas acontecem das 8h às 16h; e, no sábado, 4, das 8h ao meio-dia. No domingo, 5, não haverá atendimento. As entregas voltam na segunda-feira, 6, e na terça-feira, 7, das 8h às 16h. Para saber o dia e local do recebimento do cartão, o beneficiário pode acessar www.auxilioestadual.com.br.

Para receber o cartão, os contemplados devem comparecer aos locais de entrega com documento de identificação com foto e CPF (originais).

‘Prato Cheio’

Com o objetivo de garantir a segurança alimentar e nutricional da população, Wilson Lima inaugurou também, em Manacapuru, o “Prato Cheio”, primeiro restaurante popular do interior do Estado, que integra a política estadual de combate à fome do Governo do Amazonas. “Nós vamos inaugurar, até o final do ano, 20 restaurantes como esse pelo interior. A próxima inauguração será no município de Autazes no dia 18 de dezembro”, anunciou Lima.

Moradores de Manacapuru ocupam mesas do Restaurante Popular Prato Cheio. (Gabriel Abreu/ CENARIUM)

O restaurante será coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) e Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam).

O local começa a atender a população a partir desta quinta-feira, 2. A refeição será vendida ao preço simbólico de R$ 1, mediante cadastro social e obtenção de senha diária, a partir das 8h. Serão servidos 400 almoços por dia, ou seja, 2 mil por semana (segunda a sexta-feira, do meio-dia às 14h), totalizando 8 mil refeições/mês.

O restaurante popular tem como público prioritário pessoas em situação de vulnerabilidade social, desempregados e trabalhadores informais.

Localizado na rua Quintino Bocaiuva, 1.288, Centro, o Prato Cheio de Manacapuru recebeu o nome de Luiz Rodrigues da Mota, que foi prefeito do município e presidente da Câmara de Vereadores da cidade por dois mandatos, falecido em 2017.

Além de Manacapuru, também está prevista a inauguração de restaurantes populares nos municípios de Parintins, Itacoatiara, Tefé, Autazes, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga.