Menu

Diversidade Por conta da Covid-19, Parada LGBTQIA+ de Macapá reduz participação de público e abre inscrições on-line

Priscilla Peixoto – Da Revista Cenarium

MANAUS – Com o tema “Verás que um filho teu não foge à luta: resistir para poder existir”, a 21ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá, capital do Amapá, vai abrir inscrições, na noite de terça-feira, 23, aos que queiram participar de forma presencial do evento que será realizado no próximo domingo, 28. Neste ano, por conta das medidas de segurança de prevenção ao Covid-19, a parada terá um público reduzido para somente mil pessoas.

Para se inscrever, os participantes devem acessar a plataforma Even3 e preencher o formulário, disponível a partir das 19h, além de atender aos critérios solicitados pela organização. De acordo com o coordenador-geral da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá, Bryan Marques, além de preencher o formulário, o participante precisa ter mais de 18 anos e já ter tomado as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Apresentando um público com mais de 70 mil pessoas na última edição de 2019, o coordenador alerta que as vagas para esta edição devem acabar em minutos. “As inscrições estão previstas para serem liberadas a partir das 19h e há uma expectativa para o evento, por isso, acredito que as vagas esgotarão muito rapidamente, ou seja, quem quiser mesmo estar lá, terá que ser rápido”, alerta Bryan.

Critérios de segurança

Prevista, inicialmente, para ser realizada em setembro e com um público de 5 mil pessoas, Bryan ressalta que os critérios e as orientações dos órgãos de controle prevaleceram para não pôr em risco a saúde da população e um intenso acompanhamento do quadro pandêmico foi elaborado até, de fato, estabelecerem a melhor data para, enfim, a parada ir às ruas.

“Acordamos com a equipe de Vigilância em Saúde e com a Promotoria de Saúde do Estado. Mesmo com mais de 80% da população vacinada aqui no Estado, por conta da preocupação de novas contaminações da Covid-19 entendemos que fazer essa redução de público é mais seguro para nossa prevenção e será uma festa linda, dentro dos padrões de segurança”, explica o coordenador-geral da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá.

‘Verás que um filho teu não foge à luta: resistir para poder existir’ é o tema da 21ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Macapá. (Foto: Maksuel Martins/SECOM)

A festa, tradicionalmente celebrada na orla da cidade, desta vez será realizada na área interna do Estádio Milton de Souza Corrêa, mais conhecido como Estádio Zezão. “A entrada das pessoas que se inscreverem por meio do link de inscrição iniciará a partir das 18h”, diz Bryan.

Programação da diversidade

No dia 4 de novembro, a coordenação da Parada LGBTQIA+ deu início ao “Mês da Diversidade”, trazendo uma extensa programação com destaque para os debates culturais voltados a mulheres, negros e empreendedores locais. Foram realizadas divulgações de produções culturais de mulheres LGBTs intitulada “Quarta Lilás”.

Na agenda, também constou a “Parada Preta”, visando à valorização e o fomento da cultura e produção dos LGBTQIA+ negros. Para o dia 26 de novembro, está prevista a Feira da Diversidade, e a 4ª Marcha de Mulheres LGBT+. “Esses espaços são necessários porque reafirmam a necessidade da (re)existência de uma agenda que promova os direitos e busque assegurar as condições necessárias para que todos possam alcançar sua cidadania plena. Finalizamos o mês oficialmente com a Parada LGBT e será um belo momento”, finaliza.