Trombas d’água são registradas na Amazônia

Trombas d'água no Pará e Maranhão (Reprodução)

10 de junho de 2024

14:06

Marcela Leiros – Da Agência Cenarium

MANAUS (AM) – As cidades de Santarém, no Pará, e São Luís, no Maranhão, ambas localizadas na Amazônia, tiveram relatos de trombas d’água, no fim de semana. O fenômeno consiste em um tornado que se forma sobre uma superfície de água.

Na primeira, banhistas registraram uma tromba d’água na praia em Alter do Chão, em Santarém, no Oeste do Pará, nesse domingo, 9. O vídeo do fenômeno logo circulou pelas redes sociais, com comentários de internautas.

Nos registros de pessoas presentes no local, é possível ver a tromba d’água se formando, como um vórtice de ar que gira e suga a água. O fenômeno impressionou quem estava presente, mas internautas criticaram quem ficou assistindo. “Pessoal prefere morrer a deixar de assistir o fenômeno ao vivo…. Eu tava correndo igual ao papa-léguas nesse momento“, disse uma pessoa.

Também nesse domingo, uma tromba d’água chamou a atenção de moradores e banhistas na região das praias do Meio e Araçagy, na Região Metropolitana de São Luís. Segundo testemunhas, o caso aconteceu por volta das 10h30, no momento em que chovia na região. Várias pessoas aproveitaram para gravar o fenômeno 

Tromba d’água registrada na praia do Araçagy, na Grande São Luís (Rafaela Braga/TV Mirante)

A tromba d’água pode ser encarada como um funil formado por um intenso vórtice que ocorre sobre a extensão de um corpo de água — mar e rios — e que raramente provoca destruição. A duração do fenômeno é pequena, a maioria dura apenas cinco minutos.

mar, essas trombas podem ameaçar embarcações dependendo de sua classificação já que os seus ventos podem atingir velocidades de até 100 km/h.